NO PAIN NO GAIN
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.

ANDROXON - ajuda, por favor!

Ir em baixo

ANDROXON - ajuda, por favor! Empty ANDROXON - ajuda, por favor!

Mensagem por stressman em Dom Nov 11, 2012 12:30 pm

Olá, amigos!

Gostaria de ajuda dos especialistas!


Tenho 31 anos. Sou empresário. Meu trabalho requer atenção e dedicação “mental” 24h, em virtude das bolsas de valores. Entretanto, tenho 8h de sono (em teoria). Sou casado há 8 anos.

Pratico musculação desde os 17 anos. É meu maior prazer! Sou estudioso de nutrição e fisiologia.
Tenho 1,85 m de altura e peso 93 kg. Não sei o percentual de gordura ainda... mas deve ser elevado. Não treinei com assiduidade este ano, e não me alimentei corretamente, infelizmente.



Vou direto ao assunto:

Vivo com um elevado nível de stress. Há 4 anos uso antidepressivos e benzodiazepínico para dormir. Tenho acompanhamento de psiquiatra e psicólogo. Dá pra dizer que está “tudo sob controle”.

Ocorre que, em um exame de rotina em um endocrinologista (procurando possíveis problemas na tireoide), uma outra questão apareceu: a TESTOSTERONA.

Embora eu tenha 31 anos, meu tipo de trabalho é muito peculiar (e raro no Brasil) e estressante. Isso me coloca num “grupo de risco”: homens jovens que sofrem efeitos negativos semelhantes aos da ANDROPAUSA!


Sintomas que tenho:

- fraqueza muscular em geral (geral mesmo... desde malhar até subir escadas);
- fadiga excessiva (cansaço, falta de “fôlego”);
- desânimo e depressão (apesar de seguir tomando antidepressivos!);
- perda da “ousadia” e “ímpeto” naturais no homem;
- dificuldade de tomar decisões (coisa importantíssima em meu trabalho);
- um certo medo de fazer meu trabalho habitual (coisa que não tinha);
- diminuição da libido;
- aumento de peso (gordura);


Meu nível de testosterona está dentro do limite mais baixo aceitável como normal pelo laboratório. Entretanto, o médico acha possível uma REPOSIÇÃO HORMONAL, já que – pela análise CLÍNICA (e não apenas laboratorial) – o diagnóstico sugere uma andropausa.


O médico receitou ANDROXON TESTOCAPS 40mg. Tomar 3 comprimidos por semana (2ª, 4ª, 6ª). Prazo indeterminado.




E é por isto que estou aqui pedindo ajuda!!!!
Acho que o diagnóstico está certíssimo. Estou tomando ANDROXON há 2 meses e melhorei muito!
Porém – e com todo respeito aos médicos – os culturistas sabem muito bem que é raríssimo encontrar médicos com domínio técnico sobre EAs e afins...
Meu médico com certeza não tem conhecimento de EAs... e em minha cidade não existem médicos que tenham tal conhecimento.





Conclusão:
Estou tomando 3 comprimidos de ANDROXON por semana, como disse.

Comecei a treinar sério há uns 3 meses. Quero aproveitar essa reposição hormonal e aumentar a massa magra.
Estou cuidando da dieta. De 7 a 8 refeições. Uma dieta anabólica: 2.2g x meu peso em proteína; o valor obtido x2 em carbo complexos; pouca gordura.

Suplemento como fiz sempre: arginina, creatina e glutamina (jejum); whey + malto 30 min depois dos aminoácidos que tomei em jejum; albumina + aveia; whey + malto + creatina pós treino; albumina na ceia. Complexos vitamínicos, em especial B e E; mineral, em especial Zn, Mg.

Aumentei a massa magra e perdi medidas (segundo minha esposa, pois fiz a besteira de não medir). Estou bastante satisfeito com tudo!





DÚVIDAS:

- estou com vontade de aumentar a dose de ANDROXON.
Os exames laboratoriais (após 2 meses de uso) foram perfeitos, não há alterações em função de rim ou fígado. A Testosterona aumentou, mas AINDA está em níveis baixos, mas dentro do espectro considerado bom pelo laboratório.
Quero aumentar a dosagem para 1 comprimido por dia. O efeito da testosterona é ótimo! Me sinto com 20 anos outra vez! Acho que ainda tenho o que melhorar. A melhora do físico foi ótima para tudo!

O que acham do ANDROXON?
Parece um EA muito “inofensivo”. Penso que seja possível tomar 1 comprimido por dia por muito tempo, sem sofrer efeitos colaterais.

- entretanto, não existe CICLO no uso dele! O que me preocupa!
O fabricante diz que não ocorre perda de produção natural da testosterona... o que leva a pensar que é desnecessário fazer uma TPC... mas será mesmo??



Alguém pode me dar uma ajuda?
Devo CICLAR? E fazer TPC??
Que dose tomar?? E por quanto tempo??


Amigos, agradeço a paciência e a ajuda! Abraço!!

stressman
Franguinho
Franguinho

Mensagens : 5
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/11/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum